Topo

foto1 foto2 foto3 foto4 foto5 foto6 foto7

AESG

Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama

Sebastião Artur Cardoso da Gama (1924-1952), nascido em Vila Nogueira de Azeitão, destacou-se, na sua curta vida, como poeta e pedagogo, sendo uma figura de merecido destaque a nível nacional.

Sebastião da Gama, quadro da autoria do artista António Galrinho, que exerceu funções docentes na Escola Sede entre 1990-2014.

(observação: pintura realizada a partir de uma fotografia disponibilizada por Joana Luísa da Gama com o pormenor original de que a flor na lapela pertence a uma espécie que prolifera na Serra da Arrábida, espaço de eleição de Sebastião da Gama.)

Sebastião da Gama concluiu a licenciatura em Filologia Românica, em 1946, na Faculdade de Letras de Lisboa, e, na sua efémera, mas extraordinária carreira docente, lecionou em Lisboa, Setúbal e Estremoz.
No ano de 1951, casou,no Convento da Arrábida, com Joana Luísa, com quem mantinha uma próxima convivência desde há muitos anos. Aliás, esta união ocorreu num espaço que o influenciou grandemente, tanto a nível pessoal como literário, tendo deixado marcas evidentes na sua obra poética.

A profunda ligação de Sebastião da Gama à Serra da Arrábida refletiu-se, assim, no próprio ato de escrita pelo que a sua obra poética evidencia uma ligação próxima com a natureza.
A sua palavra poética é sensível e espontânea e nela ressalta o amor à vida e a tudo o que o rodeia.

 

MADRIGAL

A minha história é simples.
A tua, meu Amor,
é bem mais simples ainda:

"Era uma vez uma flor.
Nasceu à beira de um Poeta..."

Vês como é simples e linda?

(O resto conto depois;
mas tão a sós, tão de manso
que só escutemos os dois).

In Antologia Poética

No entanto, cabe também ressalvar a atividade docente deste homem invulgar que, nas páginas de Diário - obra em prosa e editada postumamente -,registouo tempo de estágio de Português (1949 a 1950), vivido na Escola Veiga Beirão, em Lisboa.

«…ser professor é dar-se…»

In Diário de Sebastião da Gama - Pequena história da minha vida de professor

Esta é uma citação doDiário de Sebastião da Gama, que continua a ser considerada uma obra de referência no âmbito da Pedagogia e as suas atentas e, por vezes, emocionadas reflexões sobre o exercício da atividade docente permitem-nos visualizar um homem/professor excecional, com uma visão, para a época, muito moderna do ensino, ao valorizar a construção de uma relação de confiança e de respeito mútuos, ao tentar compreender os alunos e o melhor que estes têm para oferecer, estimulando-os através do reforço positivo, enfim, ao desejar que estes sejam “felizes” ao longo do processo de ensino-aprendizagem. Basicamente, uma pedagogia centrada no aluno que se reflete numa didática assente num convívio saudável que remete para situações extremas a penalização de quem transgride.

«…para ser professor também é preciso ter as mãos purificadas (…)  O aluno acredita em nós e não deve acreditar em vão. Impõe-se-nos que mereçamos, com a nossa, a pureza dos nossos alunos, que a nossa alimente a deles, a mantenha…»

In Diário de Sebastião da Gama - Pequena história da minha vida de professor

Não é por acaso que Sebastião da Gamanos diz que«o segredo é amar»e foi esse segredo que permitiu o reconhecimento da sua singularidade nas mais diversas vertentes da sua vida e, obviamente, no exercício da docência, encarada, desde as primeiras páginas do Diário, como um ato de amor.


«O que eu quero principalmente é que vivam felizes.»

In Diário de Sebastião da Gama - Pequena história da minha vida de professor

Esta visão excecional do ensino, para o que contribui, sem dúvida, uma elevada formação moral, tem permitido à Escola Secundária de Sebastião da Gamae a muitos dos seus alunos, ao longo dos anos, conhecer pessoas que lhe  foram próximas, nomeadamente, a esposa, entretanto já falecida, e vários alunos, alguns personagens do Diário, que, abnegadamente e por um amor incondicional ao homem e professor que com eles conviveu, têm partilhado connosco essa experiência única de uma forma pungente, bem como a dor sentida com a partida precoce desta figura ímpar.
Esta partilha, ocorrida desde há muitos anos na Escola Sede do Agrupamento, estender-se-á, agora, a todas as escolas que o integram, para que conheçam melhor o homem, o poeta e o pedagogo que tanto nos tem inspirado.

 

Registado © 2017 Agrupamento de Escolas Sebastião da Gama - Todos os direitos reservados.